Telefone:(11) 3885-6176 | 3887-5963
Tipos de Implantes

Implantes convencionais

São implantes colocados algum tempo depois da exodontia (perda do dente/), é a técnica mais utilizada.

Implante imediato

Exodontia e implante no mesmo tempo cirúrgico.

Indicação:

  1. Indicado para áreas sem lesões, é importante avaliar o risco da colocação imediata, uma vez que normalmente um dente perdido deixa lesões e focos inflamatórios ou até infecciosos no osso circundante.
  2. Normalmente indicados para pacientes jovens que tiveram perdas dentais por traumatismo.

Carga imediata

Colocação de um dente provisório (ou definitivo) fixo sobre o implante após cirurgia. Indicada em áreas de alta densidade óssea.

Carga precoce

É uma novidade na implantodontia. Tratamentos especiais de superfície de implantes permitem que a prótese seja colocada após algumas semanas da cirurgia (indicações específicas).

Implante e carga imediata

Exodontia com colocação imediata do implante e coroa protética. Todos os passos ao mesmo tempo.

Implante zigomático

Criado pelo Professor Branemark em 1989, o mesmo que descobriu a osseointegração, os implantes zigomáticos surgiram como uma alternativa para pacientes com maxilas superiores atróficas, sem altura e/ou largua óssea, evitando grandes enxertias e/ou transplantes ósseos. São colocados na região das "maçãs" da face. Em alguns casos se consegue carga imediata e prótese total fixa definitiva.